ÍCONES DE PORTUGAL

Património de Portugal

Aldoar – Porto

Posted by mjfs em Agosto 27, 2007

Aldoar era uma pequena localidade que servia de passagem pela extensa Rua da Vilarinha para as festas do Senhor de Matosinhos. A freguesia faz fronteira a Norte com o concelho de Matosinhos, a Poente com o Oceano Atlântico, a Nascente com Ramalde, a Sul e Poente com Nevogilde, também a Sul com a Foz do Douro e a Sudeste com Lordelo do Ouro. Pelas escavações de Adriano Vasco Rodrigues, em 1973, ficou provado que o nascimento de Aldoar remonta o período anterior à Romanização. Em Aldoar, corriam vários ribeiros. O maior descia paralelo à Rua da Vilarinha, pela Avenida da Boavista e daí para o mar. Outro dos ribeiros corria pela Rua do Revilão, até à Fonte da Moura. Moleiros, ferradores, oleiros, carpinteiros e alguns pescadores marcaram o desenvolvimento de Aldoar, incluída na cidade do Porto desde 21 de Novembro de 1895. Em 1916, passa a pertencer à região eclesiástica da Invicta. Durante algum tempo, a freguesia manteve as suas características da ruralidade, mas com os passar dos anos o urbanismo foi inevitável, dando a Aldoar um aspecto mais citadino, também graças aos cerca de 14 mil habitantes, que se distribuem por uma área de 2,67 quilómetros quadrados. O urbanismo foi fortemente incrementado com a construção de núcleos habitacionais de qualidade acrescida, construídos pelas cooperativas de habitação. Por outro lado, na Rua da Vilarinha continuam a existir bonitas casas do século XIX, com varandas decoradas e escadas de acesso à rua. Actualmente, a freguesia é uma mistura de rural com urbano. Nos últimos anos, não só tem progredido em termos económicos, como ao nível demográfico e no que concerne ao urbanismo. A freguesia dispõe de equipamentos que lhe conferem um grau elevado de progresso: Centro Social da Fonte da Moura, Centro de Bem-estar Nossa Senhora do Socorro, Centro Social de S. Martinho de Aldoar (que gere o Centro de Dia da Paróquia de Aldoar, em parceria com a Junta), Centro de Saúde de Aldoar, Centro Paroquial de Aldoar e o Hospital Magalhães Lemos. O Parque da Cidade, na Avenida da Boavista, é um dos mais bonitos espaços verdes do concelho e o ex-libris da freguesia.

[rockyou id=81153021&w=426&h=319]

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: