ÍCONES DE PORTUGAL

Património de Portugal

Castro da Senhora da Assunção

Posted by mjfs em Novembro 12, 2007

image hosted by www.badongo.com image hosted by www.badongo.com Photo Sharing and File Hosting at Badongo.com

IMPLANTAÇÃO E ACESSOS

O Castro da Senhora da Assunção está implantado no Monte da Assunção, ou Ascensão, na freguesia de Barbeita, ocupando uma posição central no controlo do vale do Minho. Está envolvido a Sul pelas serras das Antas e Extremo, a Este pela cordilheira que separa os concelhos de Monção e Melgaço e, a Oeste, pelo Monte Faro. Esta posição central permite–lhe não só um largo controlo visual sobre a vasta planície que se estende a Norte, mas também sobre os principais corredores de circulação para o interior montanhoso. Seguindo a Estrada Nacional entre Monção e Melgaço, o visitante deve virar à direita em direcção a Merufe (ao fim de cerca de 7  km) e no entroncamento à esquerda, em direcção à igreja paroquial de Barbeita. Continuando, na estrada para Merufe, vira–se à direita no local indicado como Campo de Futebol. Prossegue–se pela calçada até ao cume do monte (a 2 km da EN).

 

O QUE VER

No topo do Monte da Assunção o visitante pode apreciar a paisagem sobre o vale do rio Minho, a Norte, e do rio Mouro, a Este. Pode também observar outros castros como o da Sra. da Graça, Sra. da Vista e mesmo S. Caetano, que no seu conjunto controlavam o curso do Rio Minho e dos seus principais afluentes.
No cume do monte podem observar–se ruínas de construções circulares e rectangulares, que formariam a acrópole do povoado castrejo. A acrópole é rodeada por um largo talude, correspondente à primeira linha de muralha e as estruturas estão organizadas em núcleos, separados por dois arruamentos principais. Numa segunda plataforma, já fora da primeira linha de muralha, encontra–se um outro conjunto de estruturas às quais se acede por um extenso lajeado de granito. O povoado seria defendido por três linhas de muralha. Em dois afloramentos registam–se conjuntos de arte rupestre, de estilo geométrico.
De acordo com os dados recolhidos pelas campanhas arqueológicas, realizadas nos anos 80 por Maia Marques, a ocupação do monte iniciou–se no séc. V a. C., com a implantação do povoado. Terá sido abandonado durante o processo de romanização. No século XVI os nobres do Couto de Barbeita mandam edificar a interessante capela dedicada à Senhora da Assunção, sacralizando este lugar.

(Castrenor)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: