ÍCONES DE PORTUGAL

Património de Portugal

Castro de Carmona

Posted by mjfs em Novembro 15, 2007

Photo Sharing and File Hosting at Badongo.com Photo Sharing and File Hosting at Badongo.com

IMPLANTAÇÃO E ACESSOS

No extremo Sul da Serra de Padela (487 metros), destaca–se uma elevação com a altitude de 303 metros, sobranceira ao vale do Neiva. Nesse esporão foi erguido um extenso povoado que ocupa uma posição central no médio curso daquele rio. Situa–se, por outro lado, no cruzamento de uma rota fluvial (o rio Neiva) com outra terrestre ortogonal, e que se dispõe ao longo de uma antiga linha de fractura tectónica. Situa–se no limite entre as freguesias de Carvoeiro e Balugães.
Saindo de Viana do Castelo (Ponte Eiffel), sede do Concelho, deve tomar–se, a partir do lugar de Limão (Darque) a Estrada Nacional 308, que segue na direcção de Vila Verde. Depois de um percurso de 17’7 km (16 minutos, aproximadamente) deve cortar–se à esquerda para a freguesia de Carvoeiro, pela estrada municipal 1224. Neste cruzamento avista–se já o monte Carmona. Quinhentos metros adiante volta–se à direita na direcção do campo de futebol, última construção da localidade. Trezentos metros depois sai–se da localidade, seguindo um curto percurso de 1 km (3 minutos), parte em via calcetada, parte em terra batida. No fim deste percurso o acesso é intransitável para veículos ligeiros, sendo necessário aparcar a viatura, ou prosseguir, no caso de levar viatura todo–o–terreno. Seguindo a pé, o castro atinge–se em cerca de 15 minutos a pé.

O QUE VER

Subsistem, na plataforma superior do monte Carmona, vestígios de três linhas de defesa e de uma quarta linha, que corta a área do povoado em duas metades. A muralha mais interior delimita uma acrópole de cerca de 1 hectare. Neste espaço observa–se a maior parte das estruturas habitacionais, assim como vestígios de uma construção de planta ortogonal, interpretada como hipotético espaço ritual, possível santuário, o que confere alguma relevância ao castro, no contexto geo–estratégico e administrativo do vale do Neiva. Nesta plataforma superior são facilmente identificáveis pelo visitante diversas unidades domésticas, separadas por arruamentos, das quais uma, junto da entrada da primeira muralha, teve recentes trabalhos arqueológicos de escavação e consolidação, orientados pelo Dr. Tarcísio Pinheiro Maciel. Encontra–se em vias de classificação desde 1996.

Fonte: (Castrenor)

Anúncios

Uma resposta to “Castro de Carmona”

  1. Cláudio Brochado said

    Em abono da verdade, não sou eu o responsável pela intervenção arqueológica que ali se vai realizando, mas sim o Dr. Tarcísio Pinheiro Maciel. Constato também que esta informação foi erradamente veículada pelo Castrenor. Com os melhores cumprimentos e parabéns pelo blog, Cláudio Brochado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: