ÍCONES DE PORTUGAL

Património de Portugal

Castro de Ribas

Posted by mjfs em Novembro 19, 2007

Photo Sharing and File Hosting at Badongo.com Photo Sharing and File Hosting at Badongo.com Photo Sharing and File Hosting at Badongo.com Photo Sharing and File Hosting at Badongo.com Photo Sharing and File Hosting at Badongo.com Photo Sharing and File Hosting at Badongo.com

IMPLANTAÇÃO E ACESSOS

O Castro de Ribas situa–se na freguesia de Argeriz, no rebordo oriental do planalto de Carrazeda de Montenegro, no limite entre a Terra Fria e a Terra Quente, avistando–se para leste a bacia hidrográfica do Tua e para sudeste a Serra de Passos. Do alto deste povoado dominam–se as superfícies encaixadas da Terra Quente e as principais montanhas do Nordeste Transmontano. Em conjunto com outros castros, que se dispõem no sentido Norte – Sul, o Castro de Ribas assinala o limite oriental da zona dos grandes povoados, possui um dos mais interessantes complexos defensivos, situando–se próximo o santuário proto–histórico de Argeriz.
Saindo de Valpaços em direcção a Carrazedo de Montenegro pela estrada municipal 206, deve cortar–se à esquerda no quilómetro 156 para um caminho de terra batida, num cruzamento sinalizado. Este desvio fica a cerca de 10 km da cidade de Valpaços. Percorrem–se aproximadamente 500 metros e corta–se novamente à esquerda, caminho que nos leva até ao castro (cerca de 200 metros). Acesso praticável a todo o tipo de veículos.

 

O QUE VER

O Castro de Ribas é um povoado fortificado com uma área superior a 2 hectares Possui um complexo sistema defensivo, composto por imponentes muralhas, agrupadas em quatro linhas e vestígios de mais outras duas. A primeira, onde se abrem duas portas, atinge a excepcional largura de 13 metros, na zona mais elevada, onde é visível um reforço da muralha primitiva. No paramento da estrutura defensiva observam–se duas pedras decoradas —um labirinto e um figura astral—. A segunda linha, adossada à primeira, estende–se pela vertente voltada a Sudeste, protegendo uma extensa plataforma. A terceira muralha situa–se na vertente Sudoeste e entronca na muralha central. A quarta constitui–se em aparelho ciclópico e envolve o povoado pelo flanco norte, entroncando a Sudeste com a segunda muralha. Na zona protegida por esta quarta muralha encontram–se os vestígios de duas casas rectangulares e de um eventual anexo. As duas outras linhas referidas podem corresponder a muros de suporte com funções defensivas. A cronologia de ocupação é bastante ampla, remontando à Idade do Bronze Final e prolongando–se pelo período romano. Tem sido estudado por Adérito Moreira e Armando Coelho da Silva.

 Castrenor

Anúncios

Uma resposta to “Castro de Ribas”

  1. Me disculpa mais eu nao falo portugues muito ben. Anyway, I am looking for a song by Amalia Rodrigues, is like a chamarrinha do Rio Grande Do Sul, in Brasil, called “Paramento de Mao Sao…” that’s all I was able to grasp from her song, very happy song and she sings it beautifully.
    Could you please let me know.
    Muito obrigado.
    Mariza Riet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: