ÍCONES DE PORTUGAL

Património de Portugal

Edifícios no Largo de São Sebastião da Pedreira – Lisboa

Posted by mjfs em Janeiro 18, 2008

Edificios S Sebastiao da Pedreira - Lisboa


São Sebastião da Pedreira era, no século XVI, uma das saídas da cidade de Lisboa, sendo à época a via de continuação da Rua de Santa Marta. A data de criação da freguesia não está, até hoje, definida, embora os primeiros registos paroquiais datem de 1601, o que indica a existência de um núcleo populacional na zona pelo menos desde os finais da centúria de Quinhentos.


No actual traçado das ruas em torno da igreja matriz de São Sebastião mantém-se o esquema da malha urbana formada entre os séculos XVII e XIX, em parte graças aos edifícios construídos ao longo das duas centúrias, permanecendo muitos deles intactos.
Entre estes encontra-se um bloco de edifícios, de planta rectangular, construído no início do século XIX, na esquina entre o Largo de São Sebastião da Pedreira e a Rua Dr. António Cândido, que terá servido para habitação operária. Divididas em três pisos, as casas possuem no andar térreo da fachada principal a porta de entrada, precedida escadas.
No piso intermédio, foram abertas janelas de sacada com pequeno varandim de ferro, no superior janelas de peito com guarda de ferro. Todas as fenestrações estão dispostas a espaços regulares. A fachada lateral mantém o mesmo esquema da principal, alterando apenas o primeiro registo, onde as portas foram substituídas por janelas. O conjunto é rematado por cornija simples.

(Fonte: IPPAR)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: