ÍCONES DE PORTUGAL

Património de Portugal

Arquivos para a Categoria ‘Estátuas’

Estátua ao Bispo D. Marcelino Franco

Publicado por mjfs em Outubro 18, 2007

DomMarcelinoFranco.JPG

Estátua erguida em homenagem ao Bispo do Algarve D.Marcelino Franco, situada na Praça da Alagoa, da cidade de Tavira. Este monumento foi inaugurado em 17 de Abril de 1971

Publicado em Estátuas, Imagens, Monumentos, Património, Portugal | Leave a Comment »

Berrões – Touros de Guisando

Publicado por mjfs em Setembro 26, 2007

berrao-touros-de-guisando.jpg

Os Berrões são estátuas proto-históricas de pedra, esculpidas em pleno relevo com figuras zoomórficas. A temática que estas esculturas apresentam é sempre de animais terrestres, como porcos domésticos, javalis, touros, bodes, cães e raramente ursos, em tamanho natural. O material em que são esculpidas é geralmente de granito, embora também se possa encontrar estátuas esculpidas em outros materiais como mármore e talco. Estima-se que a época em que estas estátuas foram esculpidas foi entre a metade do quarto e o primeiro século a.C. Das cerca de 400 esculturas conhecidas as figuras mais frequentes são as de porcos machos. O vocábulo berrão foi inspirado no termo usado para designar os porcos não castrados.

As dimensões dos berrões podem atingir mais de dois metros, no entanto existem vários outros que chegam a ter apenas 30 centímetros. A zona da cultura dos Berrões é no nordeste de Portugal, principalmente a província de Trás-os-Montes e Beira interior e estende-se até à Espanha às províncias de Câceres, Zamora, Ávila e Salamanca.

A cultura dos Berrões, em Portugal, está associadas aos castros transmontanos, onde foi feito um grande número de achados, à tribo dos Draganos, um povo pré-celtico que vivia nesta região, e à tribo dos Vetões.

Acredita-se que as estátuas dos berrões eram utilizados para fins de caracter religioso. As esculturas representariam animais sagrados, ou mesmo divindades protectoras do gado, a quem se prestava culto; um outro possível uso seria o de monumento funerário, como se leva a crer pelas inscrições que algumas destas esculturas exibem. Temos por exemplo a tradução que foi feita da inscrição, em lingua Ibérica, do berrão de Las Cojotas que suporta esta teoria: “Deus Porco bravo protector da cidade de Adorja

(fonte: wikipédia)

Publicado em Esculturas, Estátuas, Imagens, Monumentos, Património, Portugal | Leave a Comment »

 
Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.