ÍCONES DE PORTUGAL

Património de Portugal

Palácio do Marquês de Reriz – São Pedro do Sul – Viseu

Posted by mjfs em Janeiro 6, 2009

Palacio de Reriz - S Pedro do Sul - Foto Tiago Vasconcelos

A história do Palácio do Marquês de Reriz encontra-se directamente relacionada com a presença da rainha D. Amélia nas Termas de São Pedro do Sul, que frequentou no final do século XIX hospedando-se, por diversas vezes, neste solar. Todavia, a sua edificação é anterior, remontando ao primeiro quartel do século XVIII, por iniciativa de um dos fundadores da Real Companhia dos Vinhos do Alto Douro, D. Diogo Francisco de Almeida e Vasconcelos.

De facto, a arquitectura barroca do Palácio testemunha, precisamente, a época em que foi construído, denotando uma série de características comuns a tantas outras edificações deste período. Assim, verificamos o desenho da planta em U, com uma colunata de capitéis dóricos no pátio interior, o desenvolvimento das longas fachadas num único plano, de decoração contida, mais exuberante apenas ao nível do andar nobre. Na realidade, este piso era, habitualmente, o mais importante da casa, onde habitavam os seus proprietários, relegando os armazéns e arrecadações para o piso térreo.

Na fachada principal, com janelas de sacada, rematadas por frontões de volutas interrompidos, destaca-se, ao centro, o portal, com frontão também de volutas, mas em cujo tímpano figura o brasão de armas dos Almeida. Contudo, e apesar da imponência e valor cenográfico, esta é a fachada mais reduzida, pautando-se, as restantes, por um maior comprimento e profusão de vãos.

Na década de 90 do século XIX, o Palácio sofreu algumas intervenções, de forma a albergar a rainha e a vasta corte que a acompanhava. Nesta época, era designado por Paço Real de São Pedro do Sul, e o seu proprietário foi disntiguindo com o título de Marquês, em 1895, como forma de agradecimento pela recepção e cedência da sua habitação.

Em consequência destas várias estadias da família real, o Palácio de Reriz foi conhecendo um progressivo enriquecimento de património móvel, constituindo uma significativa colecção de cerâmica, pintura, ou mobiliário. No interior do imóvel, uma escadaria permite o acesso ao andar superior, onde as diversas divisões exibem tectos apinelados, de madeira.

Texto: (Rosário Carvalho) / IPPAR

Palacio de Reriz - S Pedro do Sul - Foto monumentos.pt

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: